Anéis e broches com corações e tupis Swarovski passo a passo: Anel Nenúfar.

 

 Neste passo a passo veremos como se realiza um círculo com corações, folhas e outras peças planas de cristal Swarovski. Para unir-los usaremos tupis de Swarovski na parte visível da peça e bolas de cristal checo na parte não visível. Usaremos também granito checo.

Este anel costuma chamar de Nenúfar.

Com o círculo formado com os corações podemos fazer anéis colocando na parte detrás como já vimos em outros trabalhos de anéis. Também podemos coser o círculo a uma base para brincos, broche, ou outros objectos

Podemos usar para enfiar, um fio de nylon não muito grosso, para que possa passar três ou quatro vezes pela mesma conta. Também se pode usar fio de aço recoberto, que é mais resistente a ruptura e é muito fácil de utilizar. A desvantagem do fio de aço é que, se puxamos muito o fio ele fica muito rígido e pode quebrar mais facilmente os corações ou ao dar alguma pancada ao anel. Com o fio de nylon, é mais fácil que se arrebente o fio, porém fica mais solto ao dar uma pequena pancada no coração que se move facilmente e é mais difícil que se arrebente o cristal. O mais comum é fazer trabalhos com fio de nylon.

Este anel fica com as pontas dos corações ao ar, sendo mais delicado que outros desenhos. Se ficar com um desenho incomodo ou muito frágil poderá optar em colocar 4 ou 5 corações em vez de fazer o círculo de 6. Outra opção é usar este desenho tão espectacular com peças de 14 mm adiante para fazer broches, já que ao usar-los desta maneira ficam mais protegidos e é mais difícil que se rompa o fio ou os corações.

Para os anéis usaremos os corações de Swarovski de 10 mm, porém se queremos fazer broches ficará melhor com corações 14 ou 18 mm ou usando outras peças planas grandes como as folhas de Swarovski.

Este trabalho requer uma certa experiência e conhecer bem as técnicas de enfiado cruzado e em círculos.

 

Materiais:

 

  • Fio de nylon transparente de 0,25 mm a 0,35 mm ou fio de aço recoberto de 0,38 mm.

  • Tubo de granito checo em uma cor que combine com os tupis e bolas. Um tubo pequeno é o suficiente.

  • Bolas facetadas de cristal de roca checo de 4 mm. Para um círculo de 6 corações necessitamos 6 bolas. Para a parte detrás do anel depende da medida e do desenho dessa parte . No trabalho de anéis com bases de quadros e tupis cruzados está a explicação de como se faz a parte detrás.

  • Tupis Swarovski de 4 mm de cor ou cores escolhidas para o anel. Para um círculo de 6 corações com círculo de tupis aberto no interior necessitamos 18 tupis. Se fechamos o círculo com um tupi necessitaremos 19 em vez de 18.

  • Alicate de corte ou tesoura.

  • Bola facetada de 10 mm Swarovski para o centro do círculo se queremos deixar-lo aberto e que se veja a bola debaixo. Esta é a opção que mais nos agrada.

                                                                                                                                                                                  

Realização do círculo de corações:

O círculo se faz seguindo o seguinte esquema. Foi feito com 5 corações, da mesma maneira pode ser feito com 4 ou 6 corações colocando um elo menos ou um a mais.

A estrela indica o início do trabalho. O fio que esta em verde esta de um lado e o rosa vai do outro. Os fios vão cruzando nos buracos dos corações, que no desenho esta na cor azul com o buracos na cor preta. Os losangos rosas indicam os tupis, os círculos pequenos laranjas a rocalha ou granito e os círculos vermelhos as bolas facetadas de 4 mm.

A seguir veremos a explicação passo a passo para fazer um anel de 6 corações. Na realidade basta o esquema anterior para fazer este passo.

  1. Pegamos um pedaço de fio de nylon ou de aço recoberto de um metro mais ou menos. Em nosso caso foi usado fio de nylon.
  2. Colocamos no centro do fio um coração, que será por ele que fecharemos o círculo ao final. Foi usado os corações de Swarovski de 10 mm cor esmeralda.
  3. Colocamos em um extremo do fio um granito, um tupi e outro granito. Esta será a parte de cima do anel, a que ficará a vista. Foi usado tupis de Swarovski de 4 mm cor peridot e granito checo verde prateado.
  4. Colocamos no outro extremo um granito, uma bola facetada e outro granito. Esta será a parte do anel que fica por baixo, e como não se verá usamos bolas facetadas checas porque são mais baratas e é mais cómodo para ficar em contacto com a pele as bolas que os tupis. As bolas que colocamos são de cor peridot.
  5. Colocamos em um extremo um coração e cruzamos por ele o outro extremo do fio. Para fazer o círculo de corações vamos usar os corações como contas de cruzamento.

  6. Repetimos o passo 3 e 4, tendo cuidado para que fiquem todas as bolas para um lado e todos os tupis para o outro.
  7. Repetimos o passo 5.

  8. Repetimos os passos 6 e 7 até chegar a 6 corações no fio. Desta forma obtemos um círculo de 6 corações, porém também podemos fazer anéis de 3, 4, 5 ou 6 corações segundo o seu gosto.
  9. Repetimos os passos 3 e 4.

  10. Cruzamos os fios pelo primeiro coração para fechar o círculo.

Já terminamos o círculo de corações, mas fica um espaço no centro que vamos a preencher fazendo um círculo de tupis no interior. Há outras opções para preencher este vazio como colocar cabuchões, contas ou círculos de outros tipos. Se faz o círculo de 5 corações pode fechar colocando somente uma bola de 10 mm no centro como se explica mais abaixo, sem necessidade de fazer o círculo de tupis.

Preencher o círculo de corações com um círculo de tupis:

Esta parte se faz seguindo o seguinte esquema. Os tupis de cruzamento colocamos no esquema com uma cor um pouco mais clara. Se quiser pode colocar também os tupis da mesma cor.

 

  1. Colocamos os fios, passando-los pelos furos das contas, até que tenhamos um extremo saindo por um lado de um grupo formado por granito-tupi-granito, e no outro extremo do fio saindo pelo outro lado do grupo.
  2. Colocamos em um extremo do fio um primeiro tupi cor peridot, que será por ele que fecharemos o círculo, um segundo tupi cor esmeralda que ficará no centro do círculo, e um terceiro tupi de color peridot que será a bola de cruzamento por ela passaremos o outro extremo do fio. O segundo tupi colocamos de uma cor diferente, para que o centro do círculo fique na cor esmeralda.

  3. O extremo do fio mais próximo dos corações passa-se o seguinte grupo granito-tupi-granito para tirar-lo pelo outro lado.
  4. No extremo do fio que fica ao centro colocamos um tupi esmeralda, que será o que fica ao centro do círculo, e um tupi cor peridot que usaremos como bola de cruzamento.
  5. Repetimos o passo 4 até que obtemos 6 tupis de cruzamento colocados.
  6. Colocamos um tupi cor esmeralda no fio que está no centro e cruzamos o fio pelo primeiro tupi peridot do círculo.

Já terminamos e fechamos o círculo, porém nos fica um pequeno espaço livre no interior. Podemos deixar esse buraco assim, mas também há várias possibilidades para preencher-lo.

  • Com um tupi ao centro do círculo: Com o fio saindo desde o centro do círculo a partir dos tupis de cruzamento colocamos um tupi de 4 mm e depois passamos o fio pelo tupi de cruzamento do outro extremo do círculo. Desta forma por baixo fica vazio.

  • Com uma bola facetada de 10 mm: Outra possibilidade que parece que fica mais bonita e melhor terminada é colocar uma bola facetada de 10 mm por baixo do círculo central. Para colocar-la se põe o fio passando entre as contas de forma que fique saindo por baixo, desde um dos corações, se coloca a bola e se passa até em cima pelo coração do lado contrário. Se o número de corações é par o fio fica recto de um lado ao outro. Se o número de corações é ímpar como no de 5 elos dos esquemas ficará um pouco torcido, porém nem se nota e a bola segue ficando no centro no final.

    O anel da seguinte foto foi feito com corações de 10 mm Swarovski cor ametista, granito checo ametista, bolas checas ametista, tupis Swarovski de 4 mm ametista e tanzanita e uma bola facetada Swarovski de 10 mm cor cristal ab. As bolas cor cristal ab ficam muito bonitas quando se colocam em baixo destes trabalhos e combinam bem com qualquer cor de tupis e corações.

 

Para arrematar os fios se passa entre as contas até que se encontra os dois extremos e faz um nó simples e depois um triplo como o da foto seguinte, que já vimos em outros trabalhos.

Outras possibilidades de usar o círculo de corações:

  1. Pode fazer a parte detrás colocando os fios de forma que fique um extremo a cada lado de um grupo granito-bola-granito. Pode em cada extremo do fio três granitos e se coloca uma bola facetada como bola de cruzamento. Repete este processo até chegar ao tamanho adequado e o último passo cruzar os fios pelo grupo granito-bola-granito do extremo oposto. O anel que se vê por trás a seguir não é o de corações, mas com ele poderá ver como fica a parte detrás seguindo o procedimento descrito anteriormente.

     

  2. Outra possibilidade é coser este círculo na base para broche, uma base com regador, uma base de brinco ou outros acessórios. Para fazer broches podemos usar corações de 10, 14 ou 18 mm para que fiquem trabalhos maiores. Também há outras peças que servem para broches com este desenho, como a folha de Swarovski que se pode ver na seguinte foto combinada com tupis de 4 mm cor cristal ab, granito checo prateado, tupis de 4 mm Siam no centro e uma bola de 10 mm de Swarovski cor Siam.

 

 

Outros desenhos usando esta técnica:

    Corações de 10 mm cor Bermuda Blue. Tupis cor metallic blue. Granito checo prateado medida 9/0. Bolas checas de 4 mm cor capri blue. Bola de 10 mm Swarovski cor cristal AB. Corações de 10 mm cor Vitrail Light. Tupis cor jet AB 2x. Granito checo prateado rosa medida 9/0. Bolas checas de 4 mm cor rosa claro. Bola de 8 mm Swarovski cor safira. Corações de 10 mm cor Cristal AB. Tupis cor Smoke topázio e Light colorido topázio. Granito checo âmbar medida 9/0. Bola de 10 mm Swarovski cor cristal AB.
    Corações de 10 mm cor Light Siam. Tupis Swarovski 4 mm cor Erinite. Granito checo pateado vermelho medida 9/0. Bolas checas de 4 mm cor vermelha. Bola de 10 mm Swarovski cor esmeralda. Corações de 10 mm cor Vitrail Light. Tupis 4 mm Swarovski cor fúcsia e cristal AB. Granito checo prateado medida 9/0. Bolas checas de 4 mm cor cristal. Bola de 10 mm Swarovski cor cristal AB. Trocando os corações por flores de Swarovski de 10 mm teremos este bonito desenho. Leva flores cristal AB, tupis água-marinha, granito azul claro prateado e bola de 10 mm cristal AB.
    Este anel foi feito com folhas de cristal checo verde, tupis peridot e violeta e granito verde prateado. Para este broche colocamos octógonos de cristal Swarovski cor safira médio de 14 mm. Utilizamos tupis de 4 mm Swarovski cor safira e cristal AB x2. Fechamos o centro igual pela frente e por detrás da peça. Anel com drops de Swarovski 6000 cor água-marinha. Os tupis colocados de na cor fireopal e por baixo foram colocadas bolas facetadas de 4 mm cor água-marinha. Não colocamos granitos na parte de cima nem na parte de baixo.
     
    Neste anel ao invés de uma flor colocamos duas em cada elo. Como conta de cruzamento usamos um grupo de uma flor de 10 mm, um granito e uma flor de 8 mm. Em cima fechamos com dois tupis, um granito de cruzamento e outros dois tupis, como nos anéis de quadros com tupis cruzados. Fica um anel bem alto. Neste trabalho foi usado como conta de cruzamento um tupi pendente de 8 mm cor peridot. Não colocamos granitos nem em cima nem abaixo do círculo de tupis pendentes.  

     

     

Entra em  nossa loja on-line e encontrarás todos os materiais, ferramentas, livros, revistas que precisa para bijuterias, artesanato, desenho e pintura.

 

Tienda virtual manualidades y bellas artes. Materiales, libros y revistas.


 

Páginas relacionadas:

 Bijuteria e missangas: Mais de 20 trabalhos de bijuteria e missangas passo a passo.