Bases quadradas com tupis de Swarovski cruzados com esquema e instruções passo a passo.

 

 Neste passo a passo veremos em primeiro lugar como se faz as bases quadradas usando bolas facetadas de cristal de roca checo. Depois veremos como se cruzam os quadrados com os tupis Swarovski e por último as aplicações para fazer anéis, cruzes e brincos.

Ao cruzar os tupis por cima das bolas, com o granito no centro, consegue um efeito de flor, com os tupis por cima fazendo de pétalas e o granito simulando o centro da flor.

Este tipo de desenho é muito simples e fica muito bem desde a primeira tentativa.

Para desenhar os anéis de três por três flores pode pegar uma folha quadriculada e usar um desenho de três por três quadros se quer variar o desenho com flores, ou de 6 x 6 se quer variar as cores dos tupis de forma independente. Com a quadrícula de 6 x 6 pode fazer desenhos por linhas, quadrados concêntricos, xadrez, ângulos rectos, trocar só a cor do centro, e muitas possibilidades. Para trabalhos com distinto número de quadros também podemos desenhar antes.

Além de anéis pode fazer pulseiras de duas carreiras de flores e no tamanho adequado do pulso. Também pode criar broches, pendentes ou gargantilhas.

Nas bolas facetadas da base não interessa usar uma grande qualidade, e não vale a pena usar Swarovski porque não vai exibir o desenho ao ficar completamente cobertas com os tupis por cima. Por isso recomendamos usar bolas facetadas checas, porque o importante é que a cor combine com o resto do desenho, pois se vê pelo lado e um pouco através das flores de tupis.

Nos tupis sim, merece e vale a pena usar de melhor qualidade, que sem dúvida fica melhor usar Swarovski. Se usamos outros tupis o desenho ficará muito pior fazendo o mesmo trabalho, e a diferença de preço em 36 tupis não justifica escolher os tupis de menor qualidade.

No caso do granito aconselhamos escolher o checo, de melhor qualidade que o chino, quanto a homogeneidade, o seu colorido e brilho. Não há grande diferença no preço e sim no resultado final. Podemos substituir o granito por tupis de Swarovski de 3 mm para obter um trabalho mais chamativo e poder combinar melhor as cores.

Em nossa loja on-line pode encontrar todo o material necessário para fazer estes trabalhos e também revistas e livros com desenhos deste tipo e muito mais. Recomendamos a revista "Crea con abalorios" e os livros de " Drac". O último " Drac" é uma coleção sai muitos trabalhos especialmente pensados para os cristais Swarovski.

 

Materiais:

 

  • Fio de nylon transparente 15065 de 0,25 mm.

  • Tubo de granito checo em uma cor que combine com os tupis e bolas. Será necessário 51 bolinhas de granito para o anel e 28 para os brincos. Com um tubo pequeno já é o suficiente.

  • Bolas facetadas de cristal de roca checo de 4 mm. Para os brincos é necessário 24 bolas. Para a base do anel também se usa 24 bolas. Para a parte detrás do anel se fizer o desenho de duas filas com uma bola e três granitos irá precisar 6 bolas mais.

  • 36 tupis Swarovski de 4 mm de cor ou cores escolhidas escolhidos para o anel. 56 tupis para os brincos.

  • Alicate de corte ou tesoura.

  • Agulha de olho flexível Beadalon (opcional, só se alguma bola custa a passar o fio e saia direcção correcta).

  • Par de anzol hippie abertos.

Realização da base de quadros:

Este trabalho pode se fazer somente olhando o esquema. As explicações são para que fique mais claro, porém não é necessário se já sabe ver o esquema.

A estrela vermelha do esquema indica o princípio do trabalho e o fio vai em cada lado de uma cor distinta para que se veja bem o percurso que vamos fazendo.

A seguir colocamos a explicação passo a passo com fotos.

  1. Pegamos um pedaço de fio de nylon de um metro mais ou menos. Escolhemos um fio de cor roxa para que se veja melhor na foto. Para fazer o anel, devemos escolher um fio transparente.
  2. Colocamos uma bola no centro do fio. Colocamos uma bola em cada ponta e uma bola de cruzamento pela qual passamos ambas as pontas do fio como se vê na foto. Já temos o primeiro quadrado para a base.

  3. Colocamos uma bola em cada extremo e outra bola de cruzamento.

  4. Colocamos duas bolas em um extremo do fio e uma bola de cruzamento pela qual passamos ambas as pontas . Desta forma conseguimos girar e colocar o seguinte quadro a 90º do anterior.

     

  5. Colocamos duas bolas em um extremo e outra bola de cruzamento tal como se vê na foto. Assim conseguimos colocar os fios igual que no passo 2.

  6. Passamos o fio mais próximo a primeira fila de quadros pela bola de quadro central tal como se vê na foto. No outro extremo colocamos uma bola e despois uma bola de cruzamento.

     

  7. Passamos o fio mais próximo da primeira fila de quadros pela bola do quadro central tal como se vê na foto. Colocamos outra nesse mesmo fio e depois uma bola de cruzamento.

  8. Repetimos os passos 5 e 6, e outra vez o passo 6 até completar outra fileira de quadros.

Já temos terminada a base quadrada. Da mesma maneira que se faz um base de 3 x 3 quadros pode ser feito bases de 2 x 3, 2 x 4, 3 x 4, tiras mais largas para fazer pulseiras, motivos geométricos ou qualquer desenho que imaginar.

Uma das variantes mais típicas é a base em forma de cruz, para a qual aconselhamos fazer como se vê na foto. Fizemos três quadros e no quarto levamos cada fio a um lado para fazer os quadrados laterais. Para finalizar se faz o quadro que falta para terminar a base em forma de cruz.

Também podemos fazer um cubo. Para conseguir, fazer três quadros, depois colocamos em cada extremo do fio e fechamos o cubo cruzando os fios pela primeira bola do desenho. Obtemos um cubo formado por 6 caras nas que há quatro bolas, uma em cada lado. Se forramos todas as caras com flores de tupis cruzados obtemos uma bola, como veremos depois nas aplicações. Se forramos todas as caras menos uma obtemos um aplique que se pode colar pela parte plana em cima de uma base para brincos ou anéis. Se deixamos duas caras opostas sem forrar obtemos um cilindro que se pode usar como conta passando o fio pelo centro.

O gráfico para fazer o cubo de base para os brincos é o seguinte.

Forrar as bases quadradas com tupis de 4 mm formando flores:

  1. Partimos de uma base quadrada com um fio cruzando por uma das bolas. Colocamos um tupi em cada extremo e usamos um granito como bola de cruzamento. Colocamos outro tupí em cada extremo. Para este desenho usamos uma base de 3 x 3 quadros na cor topázio, tupis de 4 mm Swarovski cor fire opal AB e granito checo cor âmbar 17.090.

  2. Usamos como bola de cruzamento a bola que está na frente da que usamos para começar a colocar os tupis como se vê na foto.

  3. Repetimos o passo 2 até completar a primeira fila.
  4. Colocamos os fios para começar a segunda fila da mesma maneira que começamos a primeira fileira. Para isso passamos pelos buracos das bolas da base até que chegue a posição adequada.
  5. Repetimos o passo 2 até completar a segunda fila.
  6. Repetimos os passos 4 e 5 até completar a terceira fila.
  7. Já temos a base do anel terminada. Para cruzar a base em forma de cruz ou a que tem forma de cubo se faz da mesma forma que foi feito a base de 3 x 3 quadros.

     

Parte detrás dos anéis:

Para fazer a parte detrás há muitas opções. Uma possibilidade rápida, bonita e cómoda na hora de usar o anel é alternar as bolas facetadas e granito. Pode colocar a base na posição que mais te encante colocando na parte detrás do anel começando no centro da base ou em uma esquina. O anel na cor fireopal foi feito colocando a parte detrás em uma esquina. Foi colocado três granitos, uma bola facetada topázio cruzada e assim sucessivamente até atingir o tamanho desejado. O anel cor blue zircon e prateado foi feito colocando a parte detrás desde a bola central do quadrado. Foi colocado neste caso três granitos, se cruzam os três com o outro extremo do fio e se repete o procedimento até chegar no tamanho que quiser. Este último procedimento é mais trabalhoso, mas o resultado fica melhor e mais bonito.

 

 

flechaAplicação da técnica de base quadrada com tupis de Swarovski cruzados.

Entra em  nossa tenda on-line e encontrará todos os materiais, ferramentas, livros, revistas que necessitas para artesanato, bijuterias, desenho e pintura.

Tienda virtual manualidades y bellas artes. Materiales, libros y revistas.

Páginas relacionadas:

 Bijuteria e missangas: Mais de 20 trabalhos de bijuteria e missangas passo a passo.